Connect with us

Internacional

Canadá: Aquisição de canábis em fontes legais está a aumentar. 1/4 da população consumiu derivados da planta em 2023

Publicado

em

Ouvir este artigo
Foto: D.R. | claroopencolombia.com

A Agência de Saúde do Canadá publicou na quinta-feira passada os dados da Canadian Cannabis Survey de 2023, que avalia vários aspectos relativos ao consumo de canábis. A Health Canada divulgou que mais de um quarto dos canadianos consumiu canábis no último ano e que a aquisição através de fontes legais está a subir. Apesar de os edibles e bebidas estarem a ganhar popularidade, o meio de consumo com mais adeptos continua a ser através da forma fumada.

O Canadian Cannabis Survey (CCS) 2023, conduzido pela Agência de Saúde do Canadá, é divulgado anualmente desde a legalização da canábis para fins recreativos em 2018. O objectivo da publicação é avaliar o impacto do “Cannabis Act”, proporcionando informações a todos os quadrantes da sociedade sobre a utilização não medicinal de canábis. O CCS envolve um processo de análise em duas etapas, envolvendo entrevistas telefónicas e um questionário online.

Os resultados apresentados nesta pesquisa correspondem ao sétimo ciclo de colheita de dados, realizado entre 2 de Maio e 20 de Julho de 2023. A amostra de 11.690 participantes, representativa por província, faixas etárias e sexo, fornece uma visão abrangente dos padrões de consumo de canábis no canadá.

Os principais resultados deste relatório foram os seguintes:

  1. Percentagem do uso de canábis (Canadá e províncias) Dados: Health Canada

    Uso de Canábis:

    • Mais de um quarto dos canadianos (26%) relatou o uso de canábis nos últimos 12 meses, um aumento de 22% em relação a 2018.
    • O uso nos últimos 30 dias aumentou de 15% em 2018 para 17% em 2023, com diferenças notáveis entre sexos e faixas etárias.
  2. Métodos de Consumo:
    • O consumo de canábis pela via fumada diminuiu de 89% em 2018 para 63% em 2023, mantendo-se assim o meio preferido dos canadianos. Porém, o consumo por ingestão ou bebidas aumentou de 43% para 55% no mesmo período, sendo uma alternativa popular, à medida que surgem produtos no mercado.
    • A vaporização de canábis manteve-se estável, representando 33% em 2023.
  3. Aquisição de Canábis:
    • Em 2023, 73% dos consumidores afirmou ter comprado canábis de fontes legais, um aumento significativo desde 2018, onde o valor era apenas de 4%.
    • A compra em lojas físicas legais aumentou para 67%, enquanto a compra em sites legais diminuiu para 5%.
  4. Gastos Mensais:
    • O gasto médio mensal com canábis diminuiu de 73 dólares canadianos em 2018 para 63 dólares em 2023.
  5. Conhecimento e Atitudes:
    • 69% dos canadianos concordou que tem informações confiáveis sobre os riscos para a saúde do uso de canábis, uma diminuição desde 2019 e 2022.
    • 90% acredita que o uso de canábis pode ser viciante, com diferenças notáveis entre usuários e não usuários.

      Utilizadores que conduziram sob a influência da canábis, por idade. Dados: Health Canada

  6. Condução sob Influência:
    • Menos pessoas (17%) relataram conduzir após o uso de canábis, uma redução significativa desde 2018 (27%).
    • A maioria (86%) acredita que o uso de canábis prejudica a capacidade de conduzir veículos.

 

___________________________
[Aviso: Por favor, tenha em atenção que este texto foi originalmente escrito em Português e é traduzido para inglês e outros idiomas através de um tradutor automático. Algumas palavras podem diferir do original e podem verificar-se gralhas ou erros noutras línguas.]

1 Comment
Subscribe
Notify of
1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments
1 mês atrás

Completed your latest piece, and it was both informative and enjoyable. Thanks for generously sharing your knowledge!

Publicidade


Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Comunicados de Imprensa9 horas atrás

Porto, Matosinhos, Valongo e Paredes – Oito detidos por tráfico e apreendidas mais de 8000 doses de estupefacientes

O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Santo Tirso, entre os dias 20 e...

Nacional2 dias atrás

Portugal: GNR apreende 3 toneladas de haxixe no Rio Guadiana

A Unidade de Controlo Costeiro e de Fronteiras (UCCF) da Guarda Nacional Republicana (GNR) apreendeu na passada sexta-feira, dia 23...

Eventos2 dias atrás

Spannabis 2024: Barcelona acolhe a 20ª edição da maior exposição de canábis do mundo, de 15 a 17 de Março

Barcelona prepara-se para acolher a 20.ª edição da Spannabis, a maior feira de canábis do mundo, nos próximos dias 15,...

Internacional5 dias atrás

Alemanha: Bundestag votou hoje a favor da legalização da canábis, mas ainda é necessária a aprovação do Conselho Federal

O Bundestag debateu e votou esta tarde o projecto da legalização do uso pessoal de canábis no país, com 407...

Internacional6 dias atrás

Alemanha: Legalização vai ser discutida esta sexta-feira, dia 23

O Bundestag da Alemanha vai finalmente deliberar sobre a legalização da canábis para consumo pessoal no país. O debate, que tem sido...

Cânhamo1 semana atrás

Cultivo de Cânhamo nos Açores vai ter sessão de esclarecimento na Ilha Terceira

A Confraria Internacional Cannabis Portugal e a CannAzores unem esforços para promover uma Sessão de Esclarecimento sobre o Cultivo de...

Saúde2 semanas atrás

CBD e CBC mostram resultados promissores no carcinoma espinocelular de cabeça e pescoço

Um estudo publicado na revista Cancers descobriu que os extractos de canábis ricos em CBD (canabidiol) podem matar células cancerosas da...

Internacional2 semanas atrás

Ucrânia: Zelensky assina projecto de lei para legalizar a canábis medicinal

O presidente ucraniano Volodymyr Zelensky assinou um projecto de lei que legaliza a canábis medicinal na Ucrânia, prevendo-se que os...

Nacional3 semanas atrás

Portugal: Associação Mães pela Canábis publica e-book sobre canábis medicinal

A Associação de Mães pela Canábis (AMC) anunciou o lançamento de um e-book intitulado “Fronteiras da Cannabis: CIÊNCIA, TERAPÊUTICA &...

Corporações4 semanas atrás

Akanda assina carta de intenção para vender RPK Biopharma à Somaí. “Será uma das poucas empresas verticais de canábis da UE”, diz Michael Sassano

A Akanda Corporation, uma empresa internacional de canábis medicinal cotada na Nasdaq (AKAN) e que detém a empresa portuguesa Holigen, anunciou...