Connect with us

Internacional

EUA: Advogado obriga governo a publicar documentos sobre a reclassificação da canábis

Publicado

em

Ouvir este artigo
O advogado norte-americano Matthew Zorn | Foto: D.R.

O governo norte-americano foi obrigado pelo tribunal a divulgar os documentos relacionados com a avaliação do estatuto legal da canábis e a sua reclassificação, no seguimento de uma acção judicial interposta pelo advogado do Texas, Matthew Zorn. O documento, com 252 páginas, comprova oficialmente que as autoridades de saúde recomendaram a inclusão da canábis na Lista III do Controlled Substances Act (CSA, ou legislação das substâncias controladas). Tal como o Cannareporter já tinha noticiado em Agosto do ano passado, o Department of Health and Human Services – HHS, destacou a “utilização medicinal aceite” da canábis nos Estados Unidos e o seu “potencial de abuso inferior” se  comparado com substâncias das Listas I e II.

É um momento histórico que nasceu do passatempo de um advogado de Houston, no Texas. A acção judicial foi movida pelo advogado Matthew Zorn, que gere a comunidade de substack Ondrugs com Shane Pennington, após uma solicitação ao abrigo Lei de Liberdade de Informação (FOIA). Zorn divulgou toda a documentação, incluindo uma carta enviada à Administradora da DEA, Anne Milgram, na qual o Office of the Assistant Secretary for Health afirmava que “a canábis atende aos critérios de controlo da Lista III”.

O litígio de Zorn com o governo norte-americano foi bem sucedido e trouxe à luz a documentação que comprova oficialmente, e pela primeira vez, que as autoridades de saúde recomendaram à DEA (Drug Enforcement Administration) a inclusão da canábis na Lista III da CSA.O governo dos Estados Unidos foi obrigado pelo tribunal a revelar uma quantidade substancial de documentos relacionados com a revisão em andamento do estatuto legal da canábis, que parece estar cada vez mais próxima.

Os 252 documentos, liberados pelo Department of Health and Human Services (HHS), fornecem uma visão detalhada sobre o “uso medicinal aceite” da canábis nos Estados Unidos, enfatizando o seu potencial terapêutico e reconhecendo um “potencial de abuso inferior”, bem como menor potencial de dependência em comparação com substâncias que estão presentes nas Listas I e II.

Esta confirmação da recomendação para a Lista III destaca uma mudança potencial nas políticas de drogas dos Estados Unidos, indicando uma crescente aceitação do uso medicinal da canábis. O impacto desta decisão ainda está para ser completamente compreendido, até porque a DEA deverá pronunciar-se entretanto. Contudo, esta situação sugere uma evolução positiva no quadro legal da canábis nos próximos tempos.
_______________________________________________
[Aviso: Por favor, tenha em atenção que este texto foi originalmente escrito em Português e é traduzido para inglês e outros idiomas através de um tradutor automático. Algumas palavras podem diferir do original e podem verificar-se gralhas ou erros noutras línguas.]

1 Comment
Subscribe
Notify of
1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments
1 mês atrás

you are in reality a just right webmaster. The site loading velocity is incredible. It seems that you are doing any unique trick. In addition, The contents are masterwork. you have performed a wonderful task on this topic!

Publicidade


Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Comunicados de Imprensa9 horas atrás

Porto, Matosinhos, Valongo e Paredes – Oito detidos por tráfico e apreendidas mais de 8000 doses de estupefacientes

O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Santo Tirso, entre os dias 20 e...

Nacional2 dias atrás

Portugal: GNR apreende 3 toneladas de haxixe no Rio Guadiana

A Unidade de Controlo Costeiro e de Fronteiras (UCCF) da Guarda Nacional Republicana (GNR) apreendeu na passada sexta-feira, dia 23...

Eventos2 dias atrás

Spannabis 2024: Barcelona acolhe a 20ª edição da maior exposição de canábis do mundo, de 15 a 17 de Março

Barcelona prepara-se para acolher a 20.ª edição da Spannabis, a maior feira de canábis do mundo, nos próximos dias 15,...

Internacional5 dias atrás

Alemanha: Bundestag votou hoje a favor da legalização da canábis, mas ainda é necessária a aprovação do Conselho Federal

O Bundestag debateu e votou esta tarde o projecto da legalização do uso pessoal de canábis no país, com 407...

Internacional6 dias atrás

Alemanha: Legalização vai ser discutida esta sexta-feira, dia 23

O Bundestag da Alemanha vai finalmente deliberar sobre a legalização da canábis para consumo pessoal no país. O debate, que tem sido...

Cânhamo1 semana atrás

Cultivo de Cânhamo nos Açores vai ter sessão de esclarecimento na Ilha Terceira

A Confraria Internacional Cannabis Portugal e a CannAzores unem esforços para promover uma Sessão de Esclarecimento sobre o Cultivo de...

Saúde2 semanas atrás

CBD e CBC mostram resultados promissores no carcinoma espinocelular de cabeça e pescoço

Um estudo publicado na revista Cancers descobriu que os extractos de canábis ricos em CBD (canabidiol) podem matar células cancerosas da...

Internacional2 semanas atrás

Ucrânia: Zelensky assina projecto de lei para legalizar a canábis medicinal

O presidente ucraniano Volodymyr Zelensky assinou um projecto de lei que legaliza a canábis medicinal na Ucrânia, prevendo-se que os...

Nacional3 semanas atrás

Portugal: Associação Mães pela Canábis publica e-book sobre canábis medicinal

A Associação de Mães pela Canábis (AMC) anunciou o lançamento de um e-book intitulado “Fronteiras da Cannabis: CIÊNCIA, TERAPÊUTICA &...

Corporações4 semanas atrás

Akanda assina carta de intenção para vender RPK Biopharma à Somaí. “Será uma das poucas empresas verticais de canábis da UE”, diz Michael Sassano

A Akanda Corporation, uma empresa internacional de canábis medicinal cotada na Nasdaq (AKAN) e que detém a empresa portuguesa Holigen, anunciou...