Connect with us

Cânhamo

Canhify aposta no cânhamo com biorrefinaria verde, em parceria com a Universidade de Coimbra

Publicado

em

Ouvir este artigo

A Canhify, ex-Hemporama, reforçou o seu compromisso com a sustentabilidade e a missão de liderar o desenvolvimento de produtos de cânhamo inovadores e de alta qualidade em Portugal. A empresa quer consolidar-se como uma referência no cultivo e processamento de plantas têxteis em Portugal, começando por investir num projecto de biorrefinaria verde, em parceria com a Universidade de Coimbra.

A Canhify é uma empresa portuguesa que opera no sector do cânhamo industrial e que lançou nos últimos meses uma linha de bio-estimulantes agrícolas no mercado, fruto de uma colaboração estratégica com a Umimare e a Universidade de Coimbra. Agora, em 2024, a Canhify pretende intensificar as suas parcerias estratégicas e focar-se na inovação e desenvolvimento de produtos à base de cânhamo. A empresa, que opera em mais de 16 hectares com mais de 450kg de sementes, deu a conhecer no seu website que tem actividade em três localizações diferentes, conta com cinco parceiros e utiliza três variedades de cânhamo diferentes.

Através de um projecto de biorrefinaria verde, em colaboração com o Centro de Desenvolvimento Rápido e Sustentado do Produto e a Universidade de Coimbra, a Canhify visa produzir celulose líquida, contraplacados e, principalmente, fibras têxteis. De acordo com um comunicado de Imprensa, a empresa pretende ainda desenvolver técnicas para aproveitar resíduos e líquidos vegetais fermentados na produção de bioplásticos/biopolímeros.

Gonçalo Pereira, gerente da empresa, afirmou que a mudança de nome para Canhify representa a evolução e o compromisso contínuo com a inovação. Se antes Hemporama significava ‘visão’ em grego (‘órama’), Canhify traduz a missão de ‘fazer’ (‘ify = to make’), marcando um compromisso de transformar o cânhamo numa força revolucionária na indústria do país.

Sérgio Cavaco, sócio da Canhify, enfatizou a importância das parcerias, destacando que a verdadeira inovação nasce da cooperação. “Ao unir forças com instituições académicas e outras empresas inovadoras, a  Canhify dá passos no sentido de moldar o futuro do sector do cânhamo. Com o desenvolvimento deste projecto e com o lançamento de novos produtos, a Canhify reforça a sua posição como defensora da democratização do cânhamo, numa crença de que a cultura, versátil e sustentável, pode ser incorporada em diversas indústrias”, afirmou.
__________________________________________________
[Aviso: Por favor, tenha em atenção que este texto foi originalmente escrito em Português e é traduzido para inglês e outros idiomas através de um tradutor automático. Algumas palavras podem diferir do original e podem verificar-se gralhas ou erros noutras línguas.]

 

________________________________________________________________________________________

 

Se gosta do CannaReporter, considere apoiar o jornalismo independente
fazendo um donativo na nossa conta do Patreon.
A partir de apenas 3€ / mês!

 

____________________________________________________________________________________________________

[Aviso: Por favor, tenha em atenção que este texto foi originalmente escrito em Português e é traduzido para inglês e outros idiomas através de um tradutor automático. Algumas palavras podem diferir do original e podem verificar-se gralhas ou erros noutras línguas.]

____________________________________________________________________________________________________

O que fazes com 3€ por mês? Torna-te um dos nossos Patronos! Se acreditas que o Jornalismo independente sobre canábis é necessário, subscreve um dos níveis da nossa conta no Patreon e terás acesso a brindes únicos e conteúdos exclusivos. Se formos muitos, com pouco fazemos a diferença!

Sou um dos directores do CannaReporter, que fundei em conjunto com a Laura Ramos. Sou natural da inigualável Ilha da Madeira, onde resido actualmente. Enquanto estive em Lisboa na FCUL a estudar Engenharia Física, envolvi-me no panorama nacional do cânhamo e canábis tendo participado em várias associações, algumas das quais, ainda integro. Acompanho a industria mundial e sobretudo os avanços legislativos relativos às diversas utilizações da canábis.

Posso ser contactado pelo email joao.costa@cannareporter.eu

1 Comment
Subscribe
Notify of

1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade


Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Comunicados de Imprensa4 dias atrás

Cannabis Europa recebe líderes europeus e norte-americanos em Londres para capitalizar o mercado europeu da canábis

A indústria norte-americana de canábis está a criar um movimento significativo através do Atlântico, à medida que os líderes deste...

Internacional1 semana atrás

Polícia alemã esclarece que não sugeriu consumo de canábis (em vez de álcool) aos adeptos ingleses do Euro 2024

A polícia de Gelsenkirchen, na Alemanha, foi citada numa notícia onde afirmou que as atenções estariam mais centradas nos adeptos...

Eventos1 semana atrás

Substâncias sintéticas ameaçam enorme sucesso da Mary Jane Berlin

Era expectável que esta edição da Mary Jane Berlin fosse a maior concentração de sempre da comunidade da canábis na...

Nacional1 semana atrás

ICAD promove inquérito europeu sobre consumo de drogas em Portugal

O Instituto para os Comportamentos Aditivos e as Dependências (ICAD) iniciou a 4ª edição do European Web Survey on Drugs...

Eventos2 semanas atrás

Maren Krings, autora do livro “H is for Hemp”, apresenta documentário sobre a Ucrânia hoje, em Lisboa

Maren Krings, fotojornalista e autora do livro “H is for Hemp” está hoje em Lisboa para apresentar o seu novo...

Internacional2 semanas atrás

EUA: Pediatra Bonni Goldstein lança petição contra a proibição de medicamentos de CBD natural na Califórnia

A pediatra norte-americana Bonni Goldstein está a alertar para a tentativa de proibição de medicamentos derivados de CBD natural na...

Internacional2 semanas atrás

Europa tem quase 23 milhões de utilizadores de canábis, a mais consumida de todas as substâncias ilícitas

A canábis continua a ser, de longe, a substância ilícita mais consumida na Europa. Estas são as conclusões do “Relatório...

Eventos2 semanas atrás

Mary Jane celebra a cultura da canábis legal pela primeira vez na Alemanha

É já no próximo fim-de-semana, de 14  16 de Junho, que se realiza a já habitual Mary Jane, na Messe...

Eventos3 semanas atrás

CB Club reúne profissionais da canábis antecipando a Mary Jane, em Berlim

A antecipar a CB Expo (Cannabis Business Expo and Conference), que acontecerá em Dortmund, em Setembro, a CB Company vai...

Reportagem3 semanas atrás

África do Sul: a legalização de uma indústria que já prospera

Nas semanas que antecederam as eleições para Assembleia Geral na África do Sul, na passada quarta-feira, 29 de Maio, havia...