Connect with us

Internacional

EUA: Relatório da FDA sobre reclassificação da canábis analisou publicações de utilizadores de canábis nas redes sociais

Publicado

em

Ouvir este artigo
Foto: D.R.

A Food and Drug Administration (FDA) fez uma análise científica exaustiva da canábis, que conduziu a uma recomendação de reclassificação da planta na tabela de substâncias nos Estados Unidos. Este processo de revisão envolveu não só uma análise meticulosa da investigação científica mas também uma pesquisa sobre os efeitos terapêuticos da canábis relatados pelos consumidores em várias plataformas e redes sociais.

No relatório de Prioridades de Segurança de Medicamentos do ano fiscal de 2023, o Center for Drug Evaluation and Research (CDER) da FDA descreveu em detalhe as iniciativas tomadas para abordar as preocupações com a segurança dos medicamentos, incluindo a avaliação da canábis. Esta análise resultou de uma directiva do presidente Joe Biden, de 2022.

O CDER levou a cabo uma análise exaustiva que abrangeu várias fontes de dados para realizar uma análise de oito factores (8FA). As descobertas desta análise formaram a base para a recomendação da FDA à Drug Enforcement Administration (DEA) no sentido de mudar a canábis da Tabela I para a Tabela III ao abrigo do Controlled Substances Act (CSA).

Integração de informações sobre as redes sociais

Como parte do processo de avaliação, o Office of Surveillance and Epidemiology (OSE) do CDER levou  a cabo uma análise exaustiva das fontes de dados epidemiológicos e de farmacovigilância. Esta informação foi crucial para fornecer informações valiosas sobre as aplicações terapêuticas da canábis.

Além disso, os esforços da FDA estenderam-se à compreensão das percepções do público através de plataformas de redes sociais. Uma equipa dedicada de cientistas sociais passou seis meses a analisar meticulosamente as conversas online sobre a canábis. Esta análise qualitativa ofereceu informações valiosas sobre as experiências dos consumidores, incluindo a sua eficácia para fins terapêuticos, como anorexia, ansiedade, náuseas e dor.

Esforços de colaboração e revisão em curso

Após a análise, o Department of Health and Human Services (HHS) dos EUA apresentou um dossier de investigação abrangente à DEA, apoiando a recomendação de reclassificação da canábis. A DEA está actualmente a efectuar a sua própria análise antes de tomar uma decisão final.

Apesar de terem passado vários meses desde a recomendação da FDA, o prazo para uma decisão final permanece incerto. Esta incerteza suscitou apelos de várias partes interessadas, incluindo legisladores e grupos de activistas, no sentido da transparência e da celeridade do processo de decisão.

A questão da reclassificação da canábis suscitou diversas opiniões e esforços de defesa por parte de legisladores e figuras públicas de todo o espectro político. Enquanto alguns defendem a reclassificação ou mesmo a remoção completa da CSA, outros opõem-se à medida, invocando preocupações com a segurança pública e as normas regulamentares.

Impacto potencial e implicações políticas

Inquéritos recentes indicam o potencial impacto da reclassificação da canábis no comportamento dos consumidores e na dinâmica política. A perspetiva de reclassificação sob a administração Biden chamou a atenção, com as partes interessadas a acompanharem de perto os desenvolvimentos e a participarem em discussões sobre uma reforma mais ampla da política da canábis.

A revisão científica e a recomendação da FDA para a reclassificação da canábis constituem marcos significativos no discurso da política de drogas. Enquanto as partes interessadas aguardam a decisão final da DEA, o debate em torno da classificação da canábis continua a evoluir, reflectindo a mudança de atitudes e prioridades da sociedade.

 

____________________________________________________________________________________________________

[Aviso: Por favor, tenha em atenção que este texto foi originalmente escrito em Português e é traduzido para inglês e outros idiomas através de um tradutor automático. Algumas palavras podem diferir do original e podem verificar-se gralhas ou erros noutras línguas.]

____________________________________________________________________________________________________

O que fazes com 3€ por mês? Torna-te um dos nossos Patronos! Se acreditas que o Jornalismo independente sobre canábis é necessário, subscreve um dos níveis da nossa conta no Patreon e terás acesso a brindes únicos e conteúdos exclusivos. Se formos muitos, com pouco fazemos a diferença!

+ posts
Clique aqui para comentar
Subscribe
Notify of

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade


Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Internacional2 dias atrás

EUA: Pediatra Bonni Goldstein lança petição contra a proibição de medicamentos de CBD natural na Califórnia

A pediatra norte-americana Bonni Goldstein está a alertar para a tentativa de proibição de medicamentos derivados de CBD natural na...

Internacional2 dias atrás

Europa tem quase 23 milhões de utilizadores de canábis, a mais consumida de todas as substâncias ilícitas

A canábis continua a ser, de longe, a substância ilícita mais consumida na Europa. Estas são as conclusões do “Relatório...

Eventos3 dias atrás

Mary Jane celebra a cultura da canábis legal pela primeira vez na Alemanha

É já no próximo fim-de-semana, de 14  16 de Junho, que se realiza a já habitual Mary Jane, na Messe...

Eventos1 semana atrás

CB Club reúne profissionais da canábis antecipando a Mary Jane, em Berlim

A antecipar a CB Expo (Cannabis Business Expo and Conference), que acontecerá em Dortmund, em Setembro, a CB Company vai...

Reportagem1 semana atrás

África do Sul: a legalização de uma indústria que já prospera

Nas semanas que antecederam as eleições para Assembleia Geral na África do Sul, na passada quarta-feira, 29 de Maio, havia...

Entrevistas1 semana atrás

Rui Reininho: “Eu acho esquisitíssimo andarem os meus colegas da GNR a meter o nariz nas propriedades das pessoas a ver o que é que esta planta faz”

Rui Reininho, músico português que ficou famoso enquanto vocalista dos GNR, dispensa apresentações. Ao contrário do que muitos pensam, não fundou...

Notícias2 semanas atrás

Canadá: Estudo demonstra que utilização de canábis reduz consumo de metanfetaminas

Os utilizadores de poli-drogas, indivíduos que consomem várias substâncias, recorrem frequentemente à canábis como forma de reduzir o seu consumo...

Eventos4 semanas atrás

CannaTrade regressa a Zurique de 24 a 26 de Maio

A CannaTrade – Feira e Festival Internacional do Cânhamo de Zurique atinge em 2024 a maioridade, celebrando a sua 18ª...

Comunicados de Imprensa4 semanas atrás

Grupo SOMAÍ e a sua subsidiária RPK Biopharma ampliam parceria com Cookies para incluir Europa e Reino Unido

LISBOA, PORTUGAL, 16 de maio de 2024 /EINPresswire.com/ — O Grupo SOMAÍ (“SOMAÍ”) e a sua subsidiária, RPK Biopharma expandiram...

Nacional4 semanas atrás

Portugal: Consumo estimado de CBD aumenta, apesar da proibição

O relatório “Cannabis in Portugal”, realizado pela Euromonitor International, divulgou os dados mais recentes sobre a indústria da canábis, os...