Connect with us

Notícias

Canadá: Estudo demonstra que utilização de canábis reduz consumo de metanfetaminas

Publicado

em

Ouvir este artigo
Foto: D.R.

Os utilizadores de poli-drogas, indivíduos que consomem várias substâncias, recorrem frequentemente à canábis como forma de reduzir o seu consumo de estimulantes, como metanfetaminas, revela um estudo da Universidade de British Columbia (UBC), no Canadá, publicado na revista Addictive Behaviors. As conclusões da pesquisa revelaram que cerca de 78% dos inquiridos referiu uma diminuição notável do consumo de estimulantes durante os períodos em que consumiu canábis.

Hudson Reddon, juntamente com Zach Walsh da UBC Okanagan e M-J Milloy da UBC Vancouver, observou que o uso de canábis está associado à diminuição do uso de cristais de metanfetaminas entre pessoas com maior risco de overdose em Vancouver. Esta investigação envolveu um grupo diversificado de 297 utilizadores de poli-drogas e revelou uma tendência significativa: quase metade dos participantes, ou seja, 45%, revelou consumir canábis especificamente para controlar os seus desejos de estimulantes.

De forma notável, 78% dos inquiridos referiu também uma diminuição notável do consumo de estimulantes durante os períodos em que consumia canábis. A correlação entre o consumo de canábis e a redução do consumo de metanfetaminas foi particularmente notória, embora não se tenha observado uma diminuição semelhante entre os consumidores diários de cocaína.

Os investigadores concluíram que a utilização de canábis para gerir os desejos de estimulantes representa uma estratégia de redução de danos prevalecente. Esta conclusão não só realça a semelhança desta abordagem entre as pessoas que consomem drogas não regulamentadas, como também sublinha a sua potencial eficácia na redução do consumo de estimulantes. Dada a ausência de farmacoterapias estabelecidas para o tratamento de perturbações relacionadas com o consumo de estimulantes, torna-se crucial uma maior exploração das aplicações terapêuticas e de redução de danos da canábis. Esta via de investigação é promissora na abordagem dos efeitos adversos associados ao consumo de estimulantes.

Para além do seu papel na gestão dos desejos por estimulantes, a canábis foi identificada como substituto de várias substâncias, incluindo o álcool, o tabaco e os opiáceos sujeitos a receita médica. A versatilidade da canábis nas estratégias de redução de danos é uma prova do seu potencial para atenuar o impacto do abuso de substâncias.

Em suma, as conclusões do estudo revelam o papel significativo que a canábis desempenha na vida dos consumidores de poli-drogas, constituindo um sinal de esperança nos esforços de redução dos danos. À medida que mais investigação se debruça sobre as aplicações terapêuticas da canábis, existe o optimismo de que esta pode oferecer soluções viáveis para reduzir os danos associados ao consumo de estimulantes. Este facto não só realça a importância das estratégias de redução de danos, como também sublinha a necessidade de continuar a explorar a canábis como um instrumento potencial para enfrentar os desafios complexos colocados pelo consumo de poli-drogas.

 

____________________________________________________________________________________________________

[Aviso: Por favor, tenha em atenção que este texto foi originalmente escrito em Português e é traduzido para inglês e outros idiomas através de um tradutor automático. Algumas palavras podem diferir do original e podem verificar-se gralhas ou erros noutras línguas.]

____________________________________________________________________________________________________

O que fazes com 3€ por mês? Torna-te um dos nossos Patronos! Se acreditas que o Jornalismo independente sobre canábis é necessário, subscreve um dos níveis da nossa conta no Patreon e terás acesso a brindes únicos e conteúdos exclusivos. Se formos muitos, com pouco fazemos a diferença!

+ posts
Clique aqui para comentar
Subscribe
Notify of

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade


Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Internacional2 dias atrás

EUA: Pediatra Bonni Goldstein lança petição contra a proibição de medicamentos de CBD natural na Califórnia

A pediatra norte-americana Bonni Goldstein está a alertar para a tentativa de proibição de medicamentos derivados de CBD natural na...

Internacional2 dias atrás

Europa tem quase 23 milhões de utilizadores de canábis, a mais consumida de todas as substâncias ilícitas

A canábis continua a ser, de longe, a substância ilícita mais consumida na Europa. Estas são as conclusões do “Relatório...

Eventos3 dias atrás

Mary Jane celebra a cultura da canábis legal pela primeira vez na Alemanha

É já no próximo fim-de-semana, de 14  16 de Junho, que se realiza a já habitual Mary Jane, na Messe...

Eventos1 semana atrás

CB Club reúne profissionais da canábis antecipando a Mary Jane, em Berlim

A antecipar a CB Expo (Cannabis Business Expo and Conference), que acontecerá em Dortmund, em Setembro, a CB Company vai...

Reportagem1 semana atrás

África do Sul: a legalização de uma indústria que já prospera

Nas semanas que antecederam as eleições para Assembleia Geral na África do Sul, na passada quarta-feira, 29 de Maio, havia...

Entrevistas1 semana atrás

Rui Reininho: “Eu acho esquisitíssimo andarem os meus colegas da GNR a meter o nariz nas propriedades das pessoas a ver o que é que esta planta faz”

Rui Reininho, músico português que ficou famoso enquanto vocalista dos GNR, dispensa apresentações. Ao contrário do que muitos pensam, não fundou...

Notícias2 semanas atrás

Canadá: Estudo demonstra que utilização de canábis reduz consumo de metanfetaminas

Os utilizadores de poli-drogas, indivíduos que consomem várias substâncias, recorrem frequentemente à canábis como forma de reduzir o seu consumo...

Eventos4 semanas atrás

CannaTrade regressa a Zurique de 24 a 26 de Maio

A CannaTrade – Feira e Festival Internacional do Cânhamo de Zurique atinge em 2024 a maioridade, celebrando a sua 18ª...

Comunicados de Imprensa4 semanas atrás

Grupo SOMAÍ e a sua subsidiária RPK Biopharma ampliam parceria com Cookies para incluir Europa e Reino Unido

LISBOA, PORTUGAL, 16 de maio de 2024 /EINPresswire.com/ — O Grupo SOMAÍ (“SOMAÍ”) e a sua subsidiária, RPK Biopharma expandiram...

Nacional4 semanas atrás

Portugal: Consumo estimado de CBD aumenta, apesar da proibição

O relatório “Cannabis in Portugal”, realizado pela Euromonitor International, divulgou os dados mais recentes sobre a indústria da canábis, os...