Connect with us

Eventos

Substâncias sintéticas ameaçam enorme sucesso da Mary Jane Berlin

Publicado

em

Ouvir este artigo
A entrada da Mary Jane Berlin na sexta-feira, dia 14 de Junho de 2024. Foto: Laura Ramos | CannaReporter®

Era expectável que esta edição da Mary Jane Berlin fosse a maior concentração de sempre da comunidade da canábis na Europa, com cerca de 40.000 visitantes esperados na Messe Berlin durante todo este fim-de-semana. Mas a enorme afluência de pessoas e a venda de “substâncias sintéticas” ameaçaram acabar com a festa: “Devido à situação actual, com mais de 20 chamadas de ambulância, somos forçados a reagir no espírito da cultura da canábis”, alertou a organização, numa carta enviada esta manhã aos expositores, deixando milhares de pessoas à porta e convidando os restantes a não se dirigir ao recinto, mesmo que tivessem bilhete. A ‘after-party’ de Sábado também foi cancelada, por razões de segurança. 

Está a ser um fim-de-semana intenso para as autoridades em Berlim, com dois eventos massivos a acontecer na Alemanha em simultâneo: a Mary Jane Berlin e o Euro 2024, o campeonato europeu de futebol. Os cartazes a anunciar a Mary Jane estão por todo o lado e poucos terão ficado indiferentes ao acontecimento do ano no primeiro grande acontecimento público da era pós-legalização na Alemanha.

Milhares de pessoas não conseguiram entrar na Mary Jane este Sábado, dia 15 de Junho de 2024, na Messe Berlin. Foto: Anuj Desay

A organização previa um aumento significativo da afluência este ano e por esse motivo já tinha alterado o local para a realização do evento, tendo passado para a enorme Messe Berlin, capaz de receber cerca de 40 mil pessoas para visitar mais de 400 expositores em 20.000 m2 (dos quais 16.000 em interior e 4.000 em exterior). Mas, apesar da aparente tranquilidade com que decorreu o evento no primeiro dia, sexta-feira, 14 de Junho, nem tudo aconteceu como esperado. A afluência foi ainda maior do que o previsto, com longas filas para entrar no recinto desde logo de manhã. Mas o maior problema viria depois, com mais de 20 ambulâncias a serem chamadas ao local, para socorrer várias pessoas que se sentiram mal depois de consumirem produtos com “substâncias sintéticas” ou “cogumelos mágicos”, informou a organização da Mary Jane numa nota enviada aos expositores, à qual o CannaReporter® teve acesso.

Expositores que venderam sintéticos banidos da Mary Jane para sempre

Na comunicação que a Mary Jane enviou aos expositores pode ler-se: “A partir de amanhã, 15.06.2024, TODAS as substâncias semi-sintéticas e sintéticas como HHC, THC-P, COGUMELOS, MUSCIMOL etc., são PROIBIDAS na Mary Jane Berlin. Se os consumidores continuarem em perigo e for necessário chamar apenas uma ambulância, a exposição será encerrada após consulta à polícia. Como organizadores, nós e a exposição estamos sob o foco da política, dos Media e da polícia. É agora crucial que todos nos unamos como uma família no interesse da cultura canábica e actuemos em conjunto. Somente trabalhando em estreita colaboração poderemos proteger e promover o desenvolvimento positivo deste movimento. Os expositores em questão serão banidos de todas as feiras comerciais futuras para sempre. Obrigado pela sua compreensão!”

Além desta nota enviada aos expositores, a Mary Jane avisou também os visitantes através do Instagram. As substâncias e nomeadamente os canabinóides sintéticos representam um perigo significativo para os utilizadores mais incautos e estão a ser banidos um pouco por todo o lado, tendo já sido expressamente proibidos em países como a República Checa ou vários estados dos Estados Unidos. Em Portugal, ainda não existe legislação aplicável a estes produtos, mas não é difícil encontrá-los em algumas lojas de canábis ou derivados do cânhamo.

O que são canabinoides sintéticos e por que são perigosos?
Muito basicamente, os canabinoides sintéticos como o HHC, são pulverizados nas flores ou biomassa da canábis e geralmente são fumados, embora também possam ser ingeridos concentrados. A maioria dos canabinoides sintéticos são agonistas dos receptores do sistema endocanabinoide e foram projectados para serem semelhantes ao THC, o canabinoide natural com a afinidade de ligação mais forte ao receptor CB 1 e que está ligado aos efeitos psicotrópicos. Os componentes análogos sintéticos têm geralmente maior afinidade de ligação ao receptor CB 1 e podem ser muito mais potentes, porque regra geral são agonistas totais do CB1, enquanto que o THC é apenas agonista parcial. Os efeitos adversos relatados pelos utilizadores de canabinoides sintéticos incluem palpitações, paranóia, ansiedade intensa, náuseas, vómitos, confusão, falta de coordenação e até convulsões. E embora não haja casos fatais de overdose relacionados com a canábis, já houve casos de morte relacionados com canabinoides sintéticos, daí a enorme preocupação da Mary Jane com esta questão e a segurança dos visitantes do certame.

Mary Jane 2024. Foto: Laura Ramos | CannaReporter®

O CannaReporter® tentou contactar o gabinete de Imprensa da Mary Jane, mas não obteve resposta até ao momento da publicação deste artigo. No entanto, ao longo do dia de ontem e de hoje, a Mary Jane informou através das suas redes sociais, nomeadamente do Instagram, o que se estava a passar. “O evento está completamente esgotado, não há bilhetes nenhuns”, tendo a organização pedindo mesmo aos participantes que não viessem no sábado, devido às enormes filas para entrar, ressalvando que os bilhetes seriam válidos para Domingo. A ‘after-party’ também foi cancelada. “Devido à afluência de demasiados visitantes, a festa que tínhamos planeado para depois da exposição representa um risco de segurança. Assim, infelizmente teremos que a cancelar. Lamentamos imenso!”

Permanece incerto o que acontecerá no terceiro e último dia de Mary Jane, amanhã, Domingo, mas entretanto os milhares de visitantes acabaram por se distribuir pelas inúmeras festas que acontecem esta noite na capital alemã, para celebrar o primeiro ano de cultura de canábis legal na Alemanha. Uma coisa é certa: a Mary Jane de 2024 dificilmente será esquecida e ficará registada na história, talvez, como a primeira grande explosão da cultura da canábis na Europa.
_____________________________________________________________
Nota do editor: O título desta notícia foi alterado de apenas “canabinoides” para “substâncias” no dia 16 de Junho às 11:30, de forma a reflectir exactamente o citado nas comunicações da Mary Jane.

 

____________________________________________________________________________________________________

[Aviso: Por favor, tenha em atenção que este texto foi originalmente escrito em Português e é traduzido para inglês e outros idiomas através de um tradutor automático. Algumas palavras podem diferir do original e podem verificar-se gralhas ou erros noutras línguas.]

____________________________________________________________________________________________________

O que fazes com 3€ por mês? Torna-te um dos nossos Patronos! Se acreditas que o Jornalismo independente sobre canábis é necessário, subscreve um dos níveis da nossa conta no Patreon e terás acesso a brindes únicos e conteúdos exclusivos. Se formos muitos, com pouco fazemos a diferença!

Licenciada em Jornalismo pela Universidade de Coimbra, Laura Ramos tem uma pós-graduação em Fotografia e é Jornalista desde 1998. Foi correspondente do Jornal de Notícias em Roma, Itália, e Assessora de Imprensa no Gabinete da Ministra da Educação. Tem uma certificação internacional em Permacultura (PDC) e criou o arquivo fotográfico de street-art “O que diz Lisboa?” @saywhatlisbon. Laura é actualmente Editora do CannaReporter e da CannaZine, além de fundadora e directora de programa da PTMC - Portugal Medical Cannabis. Realizou o documentário “Pacientes” e integrou o steering group da primeira Pós-Graduação em GxP’s para Canábis Medicinal em Portugal, em parceria com o Laboratório Militar e a Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa.

1 Comment
Subscribe
Notify of

1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments
Frank Roman
21 dias atrás

Parabéns à jornalista. O mercado de cannabis medicinal, um produto natural, está a ser inundado com produtos isolados e agora os sintéticos.
Motivos para ser ter muita atenção.

Publicidade


Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Cânhamo13 horas atrás

Portugal: Estudo revela disparidades alarmantes na rotulagem do CBD, que continua proibido no país

Um estudo recente sobre os produtos de CBD em Portugal revela disparidades alarmantes entre o conteúdo de canabinóides anunciado e...

Internacional14 horas atrás

Espanha: Câmara de Barcelona encerra dezenas de clubes de canábis

A Câmara Municipal de Barcelona deu início a uma forte repressão contra os clubes de canábis da cidade, ordenando o...

Internacional3 dias atrás

Alemanha aprova o primeiro clube social de canábis após a legalização

A Ministra da Agricultura da Baixa Saxónia, Miriam Staudte, anunciou esta segunda-feira que o seu gabinete autorizou o primeiro clube...

Cânhamo4 dias atrás

Tailândia cada vez mais perto de reclassificar a canábis e o cânhamo como substâncias controladas

A Tailândia deu mais um passo decisivo no sentido de voltar a proibir a canábis no país. Na passada sexta-feira,...

Internacional2 semanas atrás

Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência (OEDT) passa a ser Agência da União Europeia das Drogas (EUDA)

A 2 de Julho de 2024 o Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência (EMCDDA) passará a ser a Agência...

Eventos2 semanas atrás

ICRS – International Cannabinoid Research Society reúne médicos e investigadores em Salamanca para o 34º Simpósio sobre Canabinoides

Se pensa que a investigação com canábis é algo recente e que inda não há estudos suficientes… pense outra vez! É...

Crónica2 semanas atrás

Terroir 101 – Uma Introdução

Este artigo inicia uma série sobre temas necessários para os que acreditam que esta planta merece ser reverenciada e elevada...

Eventos3 semanas atrás

Editora do CannaReporter®, Laura Ramos, nomeada “Jornalista do Ano” nos prémios Business of Cannabis

A indústria da canábis está prestes a reunir-se em Londres para dois dias de Cannabis Europa e uma noite de...

Comunicados de Imprensa3 semanas atrás

Cannabis Europa recebe líderes europeus e norte-americanos em Londres para capitalizar o mercado europeu da canábis

A indústria norte-americana de canábis está a criar um movimento significativo através do Atlântico, à medida que os líderes deste...

Internacional4 semanas atrás

Polícia alemã esclarece que não sugeriu consumo de canábis (em vez de álcool) aos adeptos ingleses do Euro 2024

A polícia de Gelsenkirchen, na Alemanha, foi citada numa notícia onde afirmou que as atenções estariam mais centradas nos adeptos...