Connect with us
Publicidade
Publicidade

Nacional

EMMAC Life Sciences adquire totalidade da Terra Verde

Publicado

em

A EMMAC Life Sciences acaba de anunciar a aquisição de 100 por cento da Terra Verde, a primeira empresa a obter uma autorização para o cultivo de canábis medicinal em Portugual, detida em 40% por Ângelo Correia, do PSD.

Esta aquisição torna a Terra Verde numa subsidiária da EMMAC, uma companhia inglesa que ambiciona posicionar-se como líder de produção e fornecimento de canábis medicinal na Europa. Entre os cinco gerentes designados para a nova empresa portuguesa figuram os  antigos detentores Terra Verde, David Yarkoni e Ângelo Correia.

Apesar de se desconhecerem os valores de aquisição da Terra Verde, a EMMAC afirmou, em comunicado de imprensa, que esta foi a sua “maior aquisição até à data”.

Uma das operações de canábis medicinal mais enigmáticas em Portugal, a Terra Verde, foi fundada pelo israelita David Yarkoni, um criador de plantas e geneticista de renome mundial, pioneiro na pesquisa e produção de base vegetal há mais de 30 anos, com foco em gerberas. Em 2014, foi concedida à Terra Verde  a primeira licença de cultivo de canábis em Portugal, que permitiu o cultivo de oito hectares.

Inicialmente, em 2014, a inglesa GW Pharmaceuticals comprou uma participação minoritária na Terra Verde, mas depois de parar a produção, em 2018, registou-se a saída dos ingleses da GW e a entrada de Ângelo Correia, com uma participação de 40% na empresa.

A empresa portuguesa, que detém licenciamento para oito hectares de canábis sob boas práticas agrícolas de cultivo e colheita (GACP), prevê a colheita para meados de Agosto. O comunicado de imprensa clarifica que esta produção de canábis para fins medicinais será alvo de uma integração vertical pela EMMAC, que conta com activos para extracção e fabrico de acordo com as Boas Práticas de Fabrico da UE (EU-GMP).

David Yarkoni, fundador da empresa, mostrou-se muito satisfeito com a parceria com EMMAC, por “maximizar o potencial da Terra Verde para ser a melhor instalação de cultivo na Europa”. O antigo proprietário da empresa acrescenta que foi abordado “por várias organizações, mas decidimos fazer parceria com a EMMAC devido à sua rede de distribuição, equipa de classe mundial e pela abordagem científica. A EMMAC construiu a plataforma perfeita para se tornar o líder europeu.”

O CEO da EMMAC, Antonio Costanzo, congratula-se com esta etape: “Estamos muito satisfeitos por ter adquirido a Terra Verde, um activo único no sector de canábis medicinal na Europa, fundado por um dos mais conhecidos investigadores na área das plantas”.

Após a conclusão da aquisição, a EMMAC planeia realizar investimentos significativos nas instalações da Terra Verde, que incluirão a construção de uma instalação com certificação GMP para o armazenamento, processamento e fabrico em Portugal, para servir ambos os mercados, nacional e internacional.
________________________________________________________________

 

Clique aqui para comentar
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade
Publicidade

Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Internacional1 dia atrás

Japão dá passos para legalizar o uso medicinal de canábis

O governo do Japão está a considerar uma revisão da sua Lei de Controlo da Canábis, que permitiria o uso...

Comunicados de Imprensa2 dias atrás

EUA: Curaleaf encerra operações na Califórnia, Colorado e Oregon

A Curaleaf Holdings anunciou hoje em comunicado de Imprensa o encerramento proactivo da maioria das suas operações na Califórnia, Colorado...

Corporações2 dias atrás

Bedrocan expande produção de canábis medicinal para a Dinamarca

O produtor holandês de canábis medicinal Bedrocan vai abrir uma nova instalação na Dinamarca, de forma a responder à procura...

Internacional2 dias atrás

Malta: Registo para obter licenças de canábis inicia a 28 de Fevereiro

Já passou quase um ano desde que Malta aprovou a legislação para regulamentar o uso adulto da canábis, permitindo a posse...

Internacional3 dias atrás

França dá um passo em frente na legalização da canábis

O Conselho Económico, Social e Ambiental (Cese) de França propôs uma “legalização supervisionada” da canábis, num esforço para “ser orientado...

Comunicados de Imprensa3 dias atrás

Suíça: Linnea obtém licença para produção e exportação de API’s com alto teor de THC

A Linnea SA obteve a licença de narcóticos da Swissmedic, a equivalente suíça ao Infarmed I.P., tornando-a numa das primeiras...

Internacional3 dias atrás

Alemanha pretende concluir projecto de lei e parecer técnico sobre a legalização até final de Março

O projecto de lei do governo alemão para a legalização da canábis deverá estar concluído até ao final de Março,...

Internacional4 dias atrás

EUA: Supremo Tribunal do Arizona decide que uso de canábis medicinal durante a gravidez não constitui negligência infantil

O Supremo Tribunal do Arizona decidiu que o uso materno de canábis para enjôos matinais não constitui negligência infantil, avançou a...

Internacional5 dias atrás

República Checa: Projecto para a legalização do uso adulto poderá ser apresentado já em Março

A legislação que regulamentará a canábis para fins recreativos na República Checa poderá ver a luz do dia dentro de...

Nacional5 dias atrás

Clever Leaves despede 63 pessoas e sai de Portugal

A Clever Leaves anunciou hoje que vai abandonar as suas operações em Portugal, tendo procedido ao despedimento colectivo de 63 trabalhadores....