Connect with us

Internacional

Filipinas poderá avançar com legalização do CBD

Publicado

em

Ouvir este artigo
Foto: D.R. | Sensi Seeds

Dois comités da Câmara dos Deputados das Filipinas  iniciaram a discussão sobre nove projectos de lei pendentes que têm como intenção autorizar o uso medicinal de CBD (canabidiol). Durante uma audiência de uma Comissão sobre a nomeação interina do Secretário de Saúde, Teodoro Herbosa, o líder da maioria da Comissão perguntou-lhe se apoiava o uso legal de óleo de canábis para fins medicinais. Contrariando as expectativas, Herbosa afirmou que sim.

“Somos a favor da legalização do uso medicinal da canábis e seus derivados, Meritíssimo”, respondeu, acrescentando que o Departamento de Saúde seguirá a legalização da canábis medicinal como política. Mas, para já, apenas o CBD, por não ter efeitos psicotrópicos, avançou o The Manila Times.

Villafuerte congratulou-se com a posição do Departamento de Saúde, pois tem defendido fortemente a medida que permite o uso legalizado de óleo de canábis ou canabidiol (CBD) para fins medicinais.

Entre as medidas pendentes estava o projecto de lei 4208 da Câmara, apresentado pelo deputado do 2º distrito de Camarines Sur, Luis Raymund Villafuerte, que pretende criar uma agência estatal para supervisionar a produção e comercialização para exportação de CBD, que não tem efeitos psicotrópicos.

“Mais de 60 países em todo o mundo já legalizaram a canábis medicinal. E não sei por que as Filipinas estão a atrasar esse processo. O que os 60 países sabem e nós não? As únicas notícias que li desses 60 países é que é muito benéfica e, em segundo lugar, as suas receitas aumentaram”, afirmou Villafuerte, que também enfatizou que não houve relatos de mortes ou aumento de crimes quando o canabidiol foi introduzido nesses países.

Embora Herbosa apoie a legalização da canábis medicinal, alguns funcionários do Departamento de Saúde continuam a opor-se, acreditando que a canábis medicinal pode ser apenas usada através de uma licença de uso compassivo.

Villafuerte afirmou ainda que a proposta para criar uma Autoridade Filipina de Desenvolvimento de Canábis levará ao fornecimento local e regulamentado de CBD como um analgésico, que será mais acessível e barato para os filipinos que sofrem de certas doenças.

 

____________________________________________________________________________________________________

[Aviso: Por favor, tenha em atenção que este texto foi originalmente escrito em Português e é traduzido para inglês e outros idiomas através de um tradutor automático. Algumas palavras podem diferir do original e podem verificar-se gralhas ou erros noutras línguas.]

____________________________________________________________________________________________________

O que fazes com 3€ por mês? Torna-te um dos nossos Patronos! Se acreditas que o Jornalismo independente sobre canábis é necessário, subscreve um dos níveis da nossa conta no Patreon e terás acesso a brindes únicos e conteúdos exclusivos. Se formos muitos, com pouco fazemos a diferença!

+ posts
Clique aqui para comentar
Subscribe
Notify of

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade


Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Eventos17 horas atrás

Maren Krings, autora de “H is for Hemp” apresenta o seu documentário sobre a Ucrania hoje em Lisboa

Maren Krings, fotojornlista autro-alemã e autora do livro “H is for Hemp” está hoje em Lisboa para apresentar o seu...

Internacional3 dias atrás

EUA: Pediatra Bonni Goldstein lança petição contra a proibição de medicamentos de CBD natural na Califórnia

A pediatra norte-americana Bonni Goldstein está a alertar para a tentativa de proibição de medicamentos derivados de CBD natural na...

Internacional3 dias atrás

Europa tem quase 23 milhões de utilizadores de canábis, a mais consumida de todas as substâncias ilícitas

A canábis continua a ser, de longe, a substância ilícita mais consumida na Europa. Estas são as conclusões do “Relatório...

Eventos4 dias atrás

Mary Jane celebra a cultura da canábis legal pela primeira vez na Alemanha

É já no próximo fim-de-semana, de 14  16 de Junho, que se realiza a já habitual Mary Jane, na Messe...

Eventos1 semana atrás

CB Club reúne profissionais da canábis antecipando a Mary Jane, em Berlim

A antecipar a CB Expo (Cannabis Business Expo and Conference), que acontecerá em Dortmund, em Setembro, a CB Company vai...

Reportagem1 semana atrás

África do Sul: a legalização de uma indústria que já prospera

Nas semanas que antecederam as eleições para Assembleia Geral na África do Sul, na passada quarta-feira, 29 de Maio, havia...

Entrevistas2 semanas atrás

Rui Reininho: “Eu acho esquisitíssimo andarem os meus colegas da GNR a meter o nariz nas propriedades das pessoas a ver o que é que esta planta faz”

Rui Reininho, músico português que ficou famoso enquanto vocalista dos GNR, dispensa apresentações. Ao contrário do que muitos pensam, não fundou...

Notícias2 semanas atrás

Canadá: Estudo demonstra que utilização de canábis reduz consumo de metanfetaminas

Os utilizadores de poli-drogas, indivíduos que consomem várias substâncias, recorrem frequentemente à canábis como forma de reduzir o seu consumo...

Eventos4 semanas atrás

CannaTrade regressa a Zurique de 24 a 26 de Maio

A CannaTrade – Feira e Festival Internacional do Cânhamo de Zurique atinge em 2024 a maioridade, celebrando a sua 18ª...

Comunicados de Imprensa4 semanas atrás

Grupo SOMAÍ e a sua subsidiária RPK Biopharma ampliam parceria com Cookies para incluir Europa e Reino Unido

LISBOA, PORTUGAL, 16 de maio de 2024 /EINPresswire.com/ — O Grupo SOMAÍ (“SOMAÍ”) e a sua subsidiária, RPK Biopharma expandiram...