Connect with us

Internacional

Alemanha: Legalização vai ser discutida esta sexta-feira, dia 23

Publicado

em

Ouvir este artigo

O Bundestag da Alemanha vai finalmente deliberar sobre a legalização da canábis para consumo pessoal no país. O debate, que tem sido acompanhado com atenção por todo o mundo, está agendado para esta sexta-feira, dia 23 de Fevereiro de 2024. 

O Bundestag alemão está prestes a tomar uma decisão histórica nesta sexta-feira, dia 23 de Fevereiro de 2024, sobre o projecto de lei do governo federal que visa regular a canábis recreativa. Intitulada de “Lei da Canábis” (CanG,20/8704,20/8763), a proposta prevê que os adultos possam ter na su posse até 25 gramas de canábis para consumo pessoal. O projecto prevê o cultivo privado e comunitário não comercial, bem como a distribuição controlada por associações de cultivo. Será votado na sexta-feira, às 13:10 na hora local.

O projecto de lei elaborado pelo governo federal cria condições específicas para legalizar o consumo privado de canábis sob condições específicas.  Uma das principais motivações por trás da proposta de lei, encabeçada pelo ministro da saúde Karl Lauterbach, é a necessidade de lidar com o aumento do consumo da substância, que persiste apesar das medidas de proibição em vigor. O ministro defende que o mercado negro representa riscos à saúde devido à falta de controle de qualidade e pela desproteção de menores no acesso à canábis.

O projecto de lei
Segundo o projecto, os adultos poderão possuir até 25 gramas de canábis para consumo próprio, tal como já acontece em Portugal. Porém, os utilizadores alemães terão a possibilidade de cultivar até três plantas para uso pessoal. Serão criadas disposições rigorosas para regulamentar associações de cultivo não comerciais, que ficarão responsáveis pelas actividades do cultivo e distribuição de canábis aos seus membros. Além disso, estão previstas medidas para proteger crianças e jovens, nomeadamente a proibição de publicidade e patrocínio bem como zonas de proibição de consumo em áreas sensíveis.

Posições Contrárias e Críticas
No entanto, nem todos estão a favor da legalização proposta. O Conselho Federal expressou preocupações com os custos associados à implementação e fiscalização da lei, bem como os possíveis riscos que podem advir em matéria de saúde pública. A facção CDU/CSU e o grupo parlamentar da AfD têm pedido o abandono dos planos de legalização, onde destacam preocupações com os efeitos negativos do consumo de canábis, especialmente entre os jovens.

Apesar das controvérsias, o governo federal está confiante de que a descriminalização da canábis resultará em benefícios significativos, incluindo economias nos custos judiciais e uma redução do mercado negro. No entanto, o debate no Bundestag promete ser acalorado, com argumentos sobre saúde pública, segurança rodoviária e protecção da juventude.

Amanhã, o mundo estará de olhos postos na discussão do Bundestag, que pode ter repercussões profundas na sociedade alemã, tanto em termos de políticas de saúde pública quanto de justiça criminal. Mas este pode ser também um marco na política europeia sobre a canábis recreativa, pois vários países poderão seguir a abordagem alemã.

 

____________________________________________________________________________________________________

[Aviso: Por favor, tenha em atenção que este texto foi originalmente escrito em Português e é traduzido para inglês e outros idiomas através de um tradutor automático. Algumas palavras podem diferir do original e podem verificar-se gralhas ou erros noutras línguas.]

____________________________________________________________________________________________________

O que fazes com 3€ por mês? Torna-te um dos nossos Patronos! Se acreditas que o Jornalismo independente sobre canábis é necessário, subscreve um dos níveis da nossa conta no Patreon e terás acesso a brindes únicos e conteúdos exclusivos. Se formos muitos, com pouco fazemos a diferença!

Sou um dos directores do CannaReporter, que fundei em conjunto com a Laura Ramos. Sou natural da inigualável Ilha da Madeira, onde resido actualmente. Enquanto estive em Lisboa na FCUL a estudar Engenharia Física, envolvi-me no panorama nacional do cânhamo e canábis tendo participado em várias associações, algumas das quais, ainda integro. Acompanho a industria mundial e sobretudo os avanços legislativos relativos às diversas utilizações da canábis.

Posso ser contactado pelo email joao.costa@cannareporter.eu

Clique aqui para comentar
Subscribe
Notify of

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade


Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Internacional2 dias atrás

Alemanha aprova o primeiro clube social de canábis após a legalização

A Ministra da Agricultura da Baixa Saxónia, Miriam Staudte, anunciou esta segunda-feira que o seu gabinete autorizou o primeiro clube...

Cânhamo4 dias atrás

Tailândia cada vez mais perto de reclassificar a canábis e o cânhamo como substâncias controladas

A Tailândia deu mais um passo decisivo no sentido de voltar a proibir a canábis no país. Na passada sexta-feira,...

Internacional1 semana atrás

Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência (OEDT) passa a ser Agência da União Europeia das Drogas (EUDA)

A 2 de Julho de 2024 o Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência (EMCDDA) passará a ser a Agência...

Eventos2 semanas atrás

ICRS – International Cannabinoid Research Society reúne médicos e investigadores em Salamanca para o 34º Simpósio sobre Canabinoides

Se pensa que a investigação com canábis é algo recente e que inda não há estudos suficientes… pense outra vez! É...

Crónica2 semanas atrás

Terroir 101 – Uma Introdução

Este artigo inicia uma série sobre temas necessários para os que acreditam que esta planta merece ser reverenciada e elevada...

Eventos3 semanas atrás

Editora do CannaReporter®, Laura Ramos, nomeada “Jornalista do Ano” nos prémios Business of Cannabis

A indústria da canábis está prestes a reunir-se em Londres para dois dias de Cannabis Europa e uma noite de...

Comunicados de Imprensa3 semanas atrás

Cannabis Europa recebe líderes europeus e norte-americanos em Londres para capitalizar o mercado europeu da canábis

A indústria norte-americana de canábis está a criar um movimento significativo através do Atlântico, à medida que os líderes deste...

Internacional4 semanas atrás

Polícia alemã esclarece que não sugeriu consumo de canábis (em vez de álcool) aos adeptos ingleses do Euro 2024

A polícia de Gelsenkirchen, na Alemanha, foi citada numa notícia onde afirmou que as atenções estariam mais centradas nos adeptos...

Eventos4 semanas atrás

Substâncias sintéticas ameaçam enorme sucesso da Mary Jane Berlin

Era expectável que esta edição da Mary Jane Berlin fosse a maior concentração de sempre da comunidade da canábis na...

Nacional4 semanas atrás

ICAD promove inquérito europeu sobre consumo de drogas em Portugal

O Instituto para os Comportamentos Aditivos e as Dependências (ICAD) iniciou a 4ª edição do European Web Survey on Drugs...