Connect with us
Publicidade
Publicidade

Internacional

Tailândia declara quatro variedades de canábis como património nacional

Publicado

em

Foto: D.R. | ChiangraiTimes.com

O Vice-Primeiro Ministro e o Ministro da Saúde Pública da Tailândia anunciaram que o governo vai oficialmente registar quatro variedades de canábis como Património Nacional. A decisão foi tomada com o intuito de promover a investigação e o desenvolvimento da indústria nacional baseada na planta da canábis e nas suas utilizações medicinais e industriais.

Anutin Charnvirakul, ministro da Saúde, disse ao Bangkok Post que este reconhecimento “vai gerar benefícios económicos para o país, além de aumentar o potencial dos agricultores para competir no mercado global, o que ajudará a reduzir o déficit comercial com outros países”.

Apesar de constar na história como um dos países mais proibicionistas e com as penas mais pesadas para os consumidores de canábis, a Tailândia legalizou a canábis medicinal em 2018 e, antevendo o seu potencial terapêutico e económico, reverteu totalmente a sua posição. Desde 2020, a maior parte da planta foi removida da lista de narcóticos controlados e os produtores locais foram incentivados a cultivar cânhamo e canábis. O auto-cultivo até ao limite de seis plantas foi também autorizado.

A canábis medicinal foi aprovada para uso hospitalar e deve ser prescrita por médicos modernos e médicos tradicionais. Em Fevereiro passado foi aprovado um novo regulamento, com o qual qualquer pessoa maior de idade pode solicitar autorização para cultivar, usar e produzir derivados de todas as partes da planta com menos de 0,2% de THC.

O reconhecimento do Património Nacional anunciado pelo Governo vai aplicar-se a quatro variedades com diferentes concentrações de CBD e THC, algumas delas psicoactivas. Os cultivars (variedades) foram nomeados com os identificadores ST1, TT1, UUA1 e RD1. O ministro da saúde disse que os registos de variedades aguardam a certificação do Departamento de Agricultura e o processo está previsto para terminar no final deste mês.

*******************************************************************************
Apoie o Cannareporter e o jornalismo independente! Se considera importante o acesso a informação especializada em canábis ou cânhamo em Portugal e no resto do mundo, considere ser um dos nossos patronos. Pode contribuir com a partir de apenas 3€ / mês ou investir em publicidade no nosso site, dando visibilidade à sua marca em mais de 30 países. Veja as contrapartidas em www.patreon.com/cannareporter ou peça mais informações através do e-mail publicidade@cannareporter.eu. Obrigado!

Clique aqui para comentar
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade

Mais recentes

Entrevistas4 dias atrás

Paulo Correia: “Foi com a erva que deixei o álcool e as outras drogas”

Paulo Correia talvez represente aquelas pessoas que não tiveram igualdade de oportunidades na vida, logo desde a infância. O segundo...

Internacional4 dias atrás

Espanha: Congresso dos Deputados aprova lei da canábis medicinal

O Congresso dos Deputados de Espanha aprovou esta semana a regulamentação da canábis medicinal. O relatório que foi a votação na subcomissão...

Eventos1 semana atrás

Cannabis Europa: Mercado do Reino Unido pode crescer mais de 1000 milhões de libras até 2026

Uma análise da Prohibition Partners mostra que o mercado do Reino Unido pode crescer mais de mil milhões de libras...

Eventos2 semanas atrás

Vasco Bettencourt, Director da Unidade de Licenciamentos do Infarmed, preside sessão de abertura da PTMC – Portugal Medical Cannabis

O Director da Unidade de Licenciamentos do INFARMED, Vasco Bettencourt, vai presidir a sessão da abertura da conferência PTMC –...

Internacional2 semanas atrás

EFSA suspende avaliação de pedidos de CBD como “novo alimento”

A avaliação de pedidos de submissão do canabidiol (CBD) enquanto novo alimento na Agência Europeia de Segurança Alimentar (EFSA) está...

Internacional3 semanas atrás

Luxemburgo aprova auto-cultivo de 4 plantas de canábis por residência

O Conselho de Ministros do Luxemburgo aprovou formalmente, na passada sexta feira, alterações legislativas que permitem o consumo de canábis...

Nacional3 semanas atrás

Luís Figo lança a sua marca de produtos de CBD

Já não é notícia que o CBD (canabidiol) ajuda na recuperação de lesões desportivas e que muitos atletas são embaixadores...

Saúde3 semanas atrás

O potencial terapêutico da canábis em patologias do foro oncológico

De acordo com a União Europeia (UE), o cancro é a segunda principal causa de mortalidade nos países da UE,...

Economia3 semanas atrás

Turismo de canábis nos EUA é uma indústria de 17 mil milhões e está apenas a descolar, diz a Forbes

O turismo relacionado com a canábis está prestes a explodir no mundo legalizado, em especial nos Estados Unidos da América...

Nacional3 semanas atrás

João Gama lança o livro “Regular e Proteger: por uma nova política de drogas”

O advogado e professor da Universidade Católica, João Taborda da Gama, lança amanhã o livro “Regular e Proteger: por uma...

Publicidade