Connect with us

Corporações

Leafly dispensa 56 trabalhadores, cerca de 20% da empresa

Publicado

em

Ouvir este artigo
Foto: D.R.

A Leafly anunciou que 56 dos seus trabalhadores estão de saída do quadro de funcionários da empresa, de forma a “garantir a saúde a longo prazo” da sua estrutura. A reestruturação da empresa poderá custar agora à Leafly cerca de meio milhão de euros, mas poderá representar uma poupança de 16 milhões.

A empresa norte-americana emitiu um comunicado com o anúncio de redução dos custos operacionais, tendo divulgado igualmente alguns resultados operacionais para o ano de 2022. A reestruturação da companhia envolve a saída de 56 funcionários dos quadros da empresa – que custam sensivelmente 16 milhões de euros por ano e representam 21% dos trabalhadores da companhia. Segundo o comunicado, a medida destina-se a garantir a saúde a longo prazo da empresa, que espera gastar com a reestruturação cerca de meio milhão de dólares, com os acordos para as demissões dos trabalhadores no quarto trimestre de 2022.

A empresa anunciou ter realizado a sua estrutura de custos em “resposta às mudanças nas condições do mercado”, de forma a promover oportunidades de crescimento com a sua estrutura de despesas alinhada e de forma a preservar o capital fortalecendo a sua posição financeira.

“Esta restruturação ajudará a preservar a nossa capacidade de responder às oportunidades à medida que este sector continua a amadurecer e expandir-se, e ira permitir gerir o nosso capital com mais eficiência”, disse Yoko Miyashita, CEO da Leafly. “Além de cortar custos, analisámos de perto nossa estrutura para garantir que estamos a dar prioridade às partes mais significativas do negócio. Tenho uma grande gratidão por cada um dos membros de nossa equipa que ajudaram a transformar a Leafly na marca e plataforma de classe mundial que é hoje.”

A empresa também anunciou que Sam Martin, diretor de operações, está de saída. O director irá abandonar as suas funções na empresa a 31 de dezembro de 2022, após sete anos de casa.

A Leafly partilhou igualmente as receitas esperadas, de aproximadamente 11,8 milhões de dólares, o que representa um crescimento de 8% face ao período homólogo. Em relação às perdas, a companhia continua na linha vermelha, com perdas entre 5 a 6 milhões, calculadas através de um EBITDA ajustado, que não contempla certos parâmetors com confiança neste momento. Esses itens incluem, mas não estão limitados a: despesas de depreciação e amortização de novos ativos; depreciações de ativos; mudanças na avaliação de quaisquer derivativos; a avaliação e mudanças nas concessões de remuneração baseada em ações; ganhos ou perdas na modificação ou extinção da dívida.

A empresa anunciará os resultados financeiros do terceiro trimestre de 2022 a 10 de Novembro de 2022

 

____________________________________________________________________________________________________

[Aviso: Por favor, tenha em atenção que este texto foi originalmente escrito em Português e é traduzido para inglês e outros idiomas através de um tradutor automático. Algumas palavras podem diferir do original e podem verificar-se gralhas ou erros noutras línguas.]

____________________________________________________________________________________________________

O que fazes com 3€ por mês? Torna-te um dos nossos Patronos! Se acreditas que o Jornalismo independente sobre canábis é necessário, subscreve um dos níveis da nossa conta no Patreon e terás acesso a brindes únicos e conteúdos exclusivos. Se formos muitos, com pouco fazemos a diferença!

+ posts

Sou um dos directores do CannaReporter, que fundei em conjunto com a Laura Ramos. Sou natural da inigualável Ilha da Madeira, onde resido actualmente. Enquanto estive em Lisboa na FCUL a estudar Engenharia Física, envolvi-me no panorama nacional do cânhamo e canábis tendo participado em várias associações, algumas das quais, ainda integro. Acompanho a industria mundial e sobretudo os avanços legislativos relativos às diversas utilizações da canábis.

Posso ser contactado pelo email joao.costa@cannareporter.eu

Clique aqui para comentar
Subscribe
Notify of

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade


Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Eventos1 semana atrás

CannaTrade regressa a Zurique de 24 a 26 de Maio

A CannaTrade – Feira e Festival Internacional do Cânhamo de Zurique atinge em 2024 a maioridade, celebrando a sua 18ª...

Comunicados de Imprensa1 semana atrás

Grupo SOMAÍ e a sua subsidiária RPK Biopharma ampliam parceria com Cookies para incluir Europa e Reino Unido

LISBOA, PORTUGAL, 16 de maio de 2024 /EINPresswire.com/ — O Grupo SOMAÍ (“SOMAÍ”) e a sua subsidiária, RPK Biopharma expandiram...

Nacional2 semanas atrás

Portugal: Consumo estimado de CBD aumenta, apesar da proibição

O relatório “Cannabis in Portugal”, realizado pela Euromonitor International, divulgou os dados mais recentes sobre a indústria da canábis, os...

Nacional2 semanas atrás

“Canábis. Maldita e Maravilhosa”, de Margarita Cardoso de Meneses, chega às livrarias a 16 de Maio

Margarita Cardoso de Meneses, colaboradora do CannaReporter®, acaba de publicar o livro “Canábis. Maldita e Maravilhosa”, editado pela Oficina do...

Comunicados de Imprensa3 semanas atrás

Montemor-o-Velho: Detido por cultivo de canábis

O Comando Territorial de Coimbra, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) do Destacamento Territorial de Montemor-o-Velho, hoje, dia 9...

Eventos3 semanas atrás

PTMC – Portugal Medical Cannabis reúne indústria da canábis medicinal a 22 de Maio, em Lisboa

A PTMC – Portugal Medical Cannabis vai reunir os profissionais da indústria da canábis medicinal no próximo dia 22 de...

Corporações3 semanas atrás

EUA: MedMen declara falência com 400 milhões de dólares de dívidas

A gigante norte-americana da canábis MedMen entrou em colapso sob o peso da sua dívida, anunciando na semana passada que...

Notícias3 semanas atrás

Estudo revela que legalização da canábis não aumenta consumo de outras substâncias

Um dos argumentos mais usados contra a legalização da canábis para uso adulto ou recreativo tem sido a ideia de...

Cânhamo3 semanas atrás

Letónia: Hemp School, da Obelisk Farm, é finalista do Prémio EFT Green Skills 2024

A Obelisk Farm continua a ser reconhecida mundo fora pela sua abordagem sui generais à exploração do cânhamo industrial. O projecto familiar, que...

Eventos3 semanas atrás

EUA: CannMed 24 Innovation & Investment Summit regressa a Marco Island, na Florida, de 12 a 15 de Maio

É uma das mais importantes conferências científicas sobre a indústria da canábis medicinal e regressa a Marco Island, na Florida,...