Connect with us

Nacional

Portugal: Herdade das Barrocas obtém certificação EU-GMP

Publicado

em

Ouvir este artigo

A Herdade das Barrocas anunciou o completar de mais uma etapa no percurso da empresa, com a atribuição da certificação EU-GMP nas operações de canábis. A empresa, que já recebeu a certificação GMP do Infarmed, tem nos seus planos a longo prazo a submissão de uma ACM – Autorização de Colocação no Mercado.

A Sociedade Agrícola Monte das Barrocas, que tem sede em Estremoz e já estava licenciada pelo Infarmed para o cultivo de canábis para fins medicinais, anunciou a obtenção da certificação de boas práticas de fabrico (GMP) nas suas operações relacionadas com a canábis medicinal — isto apesar de ainda não constar do portal EudraGMP.

Em esclarecimentos ao CannaReporter, a empresa assume que também já levantou essas questões e que a falha se deve aos atrasos decorrentes das actualizações na própria plataforma (que reúne todos os certificados de Boas Práticas de Fabrico da Europa). No entanto, a empresa confirma já ter recebido a certificação do Infarmed.

Mercados internacionais com Portugal na mira

Telmo Costa, Director de Desenvolvimento de Produto da Herdade das Barrocas, disse ao Cannareporter que a empresa está numa fase contínua de produção e que a “curto prazo e devido à atractividade dos mercados internacionais, o foco está em cultivar flores de qualidade exímia e suportar os nossos parceiros internacionais”. Questionado sobre a possibilidade de produzir para o mercado nacional, Costa assumiu não descartar a opção de “submissão de uma ACM para flor seca”, mas que, para já, é uma opção a longo prazo.

Conjuntura exigente e desafiante

A tempestade perfeita dos últimos anos, onde a pandemia e a guerra se traduzem em aumentos de preços, também teve impacto na indústria da canábis. Este factor vem juntar-se, segundo Telmo Costa, aos desafios que decorrem dos assuntos regulatórios: “O cenário onde nos encontramos é caracterizado por um aumento significativo do custo de produção, especialmente numa unidade de alta tecnologia como a Herdade das Barrocas”. Estes aumentos generalizados nos custos operacionais da empresa, tornam toda a tarefa de planeamento operacional mais exigente, explicou, pois “há que maximizar a eficiência, sem deteriorar a sustentabilidade económica e ambiental”.

Telmo Costa defendeu ainda que uma forma de atenuar o impacto é através da central foto-voltaica de que a empresa dispõe e que colmata uma parte do consumo energético diário, sem perder de vista o objectivo primordial de “preservar a integridade ambiental do espaço de produção”. No entanto, é em matéria de assuntos regulatórios que o director afirma encontrar mais desafios, “uma vez que cada país de destino tem os seus requisitos e tempos de resposta”, conclui.

Publicidade


Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Cânhamo14 horas atrás

Cultivo de Cânhamo nos Açores vai ter sessão de esclarecimento na Ilha Terceira

A Confraria Internacional Cannabis Portugal e a CannAzores unem esforços para promover uma Sessão de Esclarecimento sobre o Cultivo de...

Saúde5 dias atrás

CBD e CBC mostram resultados promissores no carcinoma espinocelular de cabeça e pescoço

Um estudo publicado na revista Cancers descobriu que os extractos de canábis ricos em CBD (canabidiol) podem matar células cancerosas da...

Internacional6 dias atrás

Ucrânia: Zelensky assina projecto de lei para legalizar a canábis medicinal

O presidente ucraniano Volodymyr Zelensky assinou um projecto de lei que legaliza a canábis medicinal na Ucrânia, prevendo-se que os...

Nacional2 semanas atrás

Portugal: Associação Mães pela Canábis publica e-book sobre canábis medicinal

A Associação de Mães pela Canábis (AMC) anunciou o lançamento de um e-book intitulado “Fronteiras da Cannabis: CIÊNCIA, TERAPÊUTICA &...

Corporações3 semanas atrás

Akanda assina carta de intenção para vender RPK Biopharma à Somaí. “Será uma das poucas empresas verticais de canábis da UE”, diz Michael Sassano

A Akanda Corporation, uma empresa internacional de canábis medicinal cotada na Nasdaq (AKAN) e que detém a empresa portuguesa Holigen, anunciou...

Cânhamo3 semanas atrás

Portugal: DGAV admite que o CBD é a sua “grande dor de cabeça” e produtores reclamam utilização da planta inteira

A conferência “Cânhamo Industrial – o (Re)nascer da Fileira em Portugal” promovida pela Cânhamor e pela Consulai, que decorreu dia...

Internacional3 semanas atrás

Pensionista espanhol contorna segurança do aeroporto de Lisboa com 21 kg de canábis

Um pensionista espanhol de 63 anos foi detido em Malta, depois de aterrar no aeroporto num voo proveniente de Lisboa,...

Cânhamo3 semanas atrás

Portugal: O futuro do cânhamo industrial discute-se amanhã em Beja

  O auditório EDIA, em Beja, vai receber amanhã, dia 30 de Janeiro, a partir das 14 horas, uma ronda...

Internacional4 semanas atrás

Espanha: Directora da Fiscalia Especial Antidroga propõe campanhas sobre o risco do consumo de canábis

A directora da Fiscalia Especial Antidroga, Rosa Ana Morán Martínez, alertou recentemente que Espanha se tornou ‘o principal produtor de...

Entrevistas1 mês atrás

Elena Battaglia, Veterinária: “Tenho pacientes oncológicos que se esperava que morressem há dois anos e ainda estão vivos”

Falámos com a veterinária italiana Elena Battaglia, que tem vasta experiência a utilizar canabinóides em animais, e nos explicou de...