Connect with us

Corporações

Weedmaps: processos na justiça ameaçam entrada na Nasdaq

Avatar

Published

on

Foto: D.R. | PYMNTS.com

A entrada da weedmaps, com sede na Califórnia, na bolsa Nasdaq poderá estar em risco. Esta semana, a empresa-mãe da weedmaps revelou, numa apresentação para investidores com os reguladores de valores mobiliários dos EUA, que uma investigação federal sobre a indústria da canábis que envolve o gigante da publicidade continua “por resolver”.

A divulgação levanta questões sobre o estado actual da investigação e se ela poderá afectar os planos da weedmaps, de abrir o seu capital ao investimento público na Nasdaq por meio de um acordo com uma Empresa Especial com Propósitos de aquisição, que avalia em 1,5 mil milhões de dólares americanos a nova empresa criada com a transacção.

No entanto, a controladora da empresa, WM Holding Co., incluiu na sua apresentação aos investidores a seguinte “divulgação suplementar ao investidor”, relacionada com uma investigação do Departamento de Justiça dos EUA (DOJ), mais concretamente uma intimação relacionada com os registos das negociações comerciais da empresa:

“A 10 de novembro de 2020, a investigação DOJ não está resolvida. Do nosso diálogo com o DOJ, resultaram discussões produtivas sobre a possível resolução, mas nenhum acordo foi alcançado ”, observa a apresentação na última página do documento. “Após uma entrega inicial de documentos em Novembro de 2019, outra documentação em resposta à intimação está em stand-by, enquanto aguardamos as discussões sobre a resolução deste assunto.”

Procurador não se pronuncia 

O escritório do procurador dos EUA para o Distrito Leste da Califórnia, que emitiu a intimação para a então controladora da Weedmaps em Setembro de 2019 – Ghost Management Group – recusou-se a comentar a divulgação.

A intimação identificou quase 100 empresas e indivíduos na indústria da canábis e solicitou uma grande quantidade de registos da weedmaps relacionados com toda a história da empresa desde 2008.

Até ao momento, o DOJ não apresentou nenhuma acusação relacionada com a investigação.

Detalhes da investigação podem desfazer o acordo entre a weedmaps e a Silver Spike

O consultor de Nova York, Matt Karnes, director da GreenWave Advisors, com sede em Nova York, disse acreditar que a divulgação “levantará muitas questões no seio dos accionistas”. Karnes apontou que a empresa de aquisição de propósito específico (SPAC), através da qual a weedmaps planeia abrir o capital – Silver Spike Acquisition Corp. – ainda pode desfazer-se do negócio se os investidores não estiverem satisfeitos com a quantidade de detalhes divulgada pela weedmaps.

“Há incerteza. Esta transacção, não sabemos o que o DOJ vai concluir, ou quais outras questões existem ”, disse Karnes. “Se eu fosse accionista da Silver Spike, pensaria muito em aprovar esta transacção.”

Leia a intimação do DOJ no Marijuana Business Daily

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *