Connect with us

Corporações

Parallel torna-se empresa pública através da fusão com a Ceres

Avatar

Published

on

O CEO da empresa produtora de canábis Parallel, William “Beau” Wrigley Jr., que fez fortuna no mercado das pastilhas elásticas, está tornar pública a sua companhia, através de uma fusão que será concluída neste verão, com a canadiana Ceres Acquisition Corp, que avalia a empresa com sede em Atlanta, Geórgia, em 1,8 mil milhões de dólares.

A Parallel é a primeira empresa gerida por Wrigley Jr., desde a venda do negócio de gomas da sua família por 23 mil milhões de dólares americanos em 2008, e assumirá a cotação da Ceres na bolsa de valores canadiana NEO. As ações da Ceres subiram 19%, para 12,50$, com o negócio a surgir num momento em que, oficialmente, as vendas de canábis atingiram níveis recordes durante a pandemia de COVID-19.

A empresa combinada espera ter 430 milhões de dólares em dinheiro quando o negócio for fechado, confirmou um porta-voz da Parallel à Reuters.

Com cerca de 50 lojas de retalho, instalações de cultivo e fabrico em quatro estados dos EUA, a Parallel usará o dinheiro para se expandir para novos mercados. A companhia vende produtos acabados, incluindo gomas, vapes e bálsamos. A empresa, que nomeou o executivo da indústria fonográfica Scooter Braun como consultor especial, afirmou que actualmente tem vários pedidos de licença pendentes na Geórgia, Nova Jersey e Virgínia.

As empresas norte-americanas que cultivam ou vendem canábis não podem listar as suas ações nas principais bolsas de valores do país, pois a canábis continua ilegal a nível federal nos EUA. A produtora de canábis californiana, a TPCO Holdings, apoiada por Jay-Z, também abriu o capital no NEO, enquanto o gigante das vendas online e da publicidade Weedmaps fechou um acordo em dezembro para se listar na Nasdaq.

O CEO da Ceres disse que o mercado de canábis tem um grande impulso positivo, e que ainda há espaço para crescimento. “Estamos a começar a ver não apenas as empresas a cumprir, mas também os governos a cumprir algumas dessas conversas e promessas”, disse Crouthers, que fará parte do conselho da Parallel.

Os SPACs tornaram-se uma rota popular para o mercado de acções, pois podem ser concluídos mais rapidamente do que um IPO e garantem maior certeza sobre os fundos que uma empresa irá levantar.

Advertisement

O CannaReporter é um projecto independente e completamente suportado pela comunidade.

Para continuar a desenvolver este projecto e para garantir os recursos para acompanhar a indústria em Portugal, o apoio dos leitores é fundamental.


l

Clique abaixo e torne-se apoiante do CannaReporter!

Torna-te Patreon e contribui para o projecto CannaReporter!
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *