Connect with us
Publicidade
Publicidade

Nacional

CannPrisma assina contrato de exclusividade com a empresa polaca Cosma Cannabis

Publicado

em

Foto: D.R. | CannPrisma

A Cannprisma-Pharma, uma empresa portuguesa de canábis medicinal com sede em Castro Marim, no Algarve, assinou um contrato de exclusividade com a empresa polaca Cosma Cannabis para a distribuição de canábis medicinal de qualidade premium na Polónia. As duas empresas buscam uma cooperação frutífera não apenas no campo da distribuição de medicamentos, mas também em projectos de Investigação e Desenvolvimento (I&D).

A Cosma Cannabis vai registar vários cultivares de flores de canábis da CannPrisma na Polónia e espera adicionar extractos e tinturas de canábis de qualidade premium ao seu portfólio no futuro próximo.

Questionado pelo Cannareporter sobre se os produtos da CannPrisma ficarão disponíveis também em Portugal, o CEO da empresa, João Nascimento, disse que “ainda não”, pois antes disso precisam obter a certificação GMP. “Tencionamos submeter uma ACM (Autorização de Colocação no Mercado) no último trimestre de 2023. Ainda não o fizemos porque precisamos antes de obter a certificação EU-GMP, para termos a autorização necessária para colocarmos produtos no mercado”, explicou. João Nascimento disse ainda ao Cannareporter que a Cannprisma produziu, em 2022, “uma quantidade aproximada de 1.100 kgs de flor de canábis”.

João Nascimento, CEO da CannPrisma. Foto: Laura Ramos | Cannareporter

No que respeita à parceria com a Cosma, Nascimento referiu: “Estamos entusiasmados com este marco, pois representa a oportunidade de fornecer aos pacientes polacos o acesso a medicamentos à base de canábis de alta qualidade e cumprir a nossa missão mais importante: melhorar a saúde e o bem-estar dos pacientes em todo o mundo”, anunciou João Nascimento, CEO da CannPrisma, em comunicado de Imprensa e num vídeo publicado no canal da empresa no Youtube. “A parceria é fruto do esforço, transparência e responsabilidade social entre as duas empresas que combinam sinergias seguindo um rigoroso código de ética com o objectivo mútuo de atender às necessidades do paciente com soluções seguras à base de canábis e continuar a impulsionar a indústria”, refere o comunicado.

A Polónia tem cerca de 38 milhões de habitantes e 11 produtos de canábis medicinal registados. A CannPrisma salienta que o potencial de crescimento da canábis medicinal na Polónia “é grande e o valor de mercado esperado é de entre 40 a 50% do mercado alemão”.

Publicidade
Publicidade

Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Internacional2 horas atrás

Japão dá passos para legalizar o uso medicinal de canábis

O governo do Japão está a considerar uma revisão da sua Lei de Controlo da Canábis, que permitiria o uso...

Comunicados de Imprensa1 dia atrás

EUA: Curaleaf encerra operações na Califórnia, Colorado e Oregon

A Curaleaf Holdings anunciou hoje em comunicado de Imprensa o encerramento proactivo da maioria das suas operações na Califórnia, Colorado...

Corporações1 dia atrás

Bedrocan expande produção de canábis medicinal para a Dinamarca

O produtor holandês de canábis medicinal Bedrocan vai abrir uma nova instalação na Dinamarca, de forma a responder à procura...

Internacional1 dia atrás

Malta: Registo para obter licenças de canábis inicia a 28 de Fevereiro

Já passou quase um ano desde que Malta aprovou a legislação para regulamentar o uso adulto da canábis, permitindo a posse...

Internacional2 dias atrás

França dá um passo em frente na legalização da canábis

O Conselho Económico, Social e Ambiental (Cese) de França propôs uma “legalização supervisionada” da canábis, num esforço para “ser orientado...

Comunicados de Imprensa2 dias atrás

Suíça: Linnea obtém licença para produção e exportação de API’s com alto teor de THC

A Linnea SA obteve a licença de narcóticos da Swissmedic, a equivalente suíça ao Infarmed I.P., tornando-a numa das primeiras...

Internacional2 dias atrás

Alemanha pretende concluir projecto de lei e parecer técnico sobre a legalização até final de Março

O projecto de lei do governo alemão para a legalização da canábis deverá estar concluído até ao final de Março,...

Internacional3 dias atrás

EUA: Supremo Tribunal do Arizona decide que uso de canábis medicinal durante a gravidez não constitui negligência infantil

O Supremo Tribunal do Arizona decidiu que o uso materno de canábis para enjôos matinais não constitui negligência infantil, avançou a...

Internacional3 dias atrás

República Checa: Projecto para a legalização do uso adulto poderá ser apresentado já em Março

A legislação que regulamentará a canábis para fins recreativos na República Checa poderá ver a luz do dia dentro de...

Nacional4 dias atrás

Clever Leaves despede 63 pessoas e sai de Portugal

A Clever Leaves anunciou hoje que vai abandonar as suas operações em Portugal, tendo procedido ao despedimento colectivo de 63 trabalhadores....