Connect with us

Internacional

Canadá: Ontário dá luz verde para acordos “white label”

Publicado

em

Ouvir este artigo
Foto: D.R.

A Comissão de Álcool e Jogos de Ontário (AGCO), no Canadá, anunciou novas regras relacionadas com a canábis recreativa, que permitirão acordos entre retalhistas e produtores licenciados (LPs) para a comercialização de produtos de marca própria (ou ‘white label’, também conhecidos como marca branca). De acordo com o Markets Insider, a medida foi bem recebida entre os maiores retalhistas do Canadá e teve o apoio da Câmara do Comércio de Ontário. 

As mudanças, que entram em vigor no Verão deste ano, tiveram por base o feedback da indústria, culminaram na criação de uma isenção adicional que permitirá acordos entre retalhistas e produtores licenciados (LPs) para a comercialização de produtos de marca branca.

No site da Comissão, que é quem regula a canábis recreativa no Canadá, podemos ler que: “A AGCO leva a sério o feedback da indústria. À medida que o sector de canábis evolui, a AGCO continuará a ser responsiva, incluindo o apoio à inovação e flexibilidade no sector, regulando de acordo com os princípios de honestidade e integridade e no interesse público.”

No final de 2021, já existiam alguns rumores de que essa possibilidade poderia vir a concretizar-se, para benefício do sector. Segundo o artigo da MJBizDaily, de Dezembro de 2021, esta abertura do mercado para as marcas brancas seria algo que era antecipado pelos analistas, e que estes desempenharão um papel fundamental no mercado de extractos de canábis do Canadá, à medida que as empresas procuram maneiras de capitalizar o segmento crucial sem gastar muito.”

Novas medidas bem recebidas

A High Tide Inc. (TSXV: HITI) (Nasdaq: HITI) (FSE: 2LYA), maior retalhista de canábis do Canadá, com 113 lojas de retalho a operar actualmente em todo o país, incluindo 34 em Ontário, anunciou “congratular-se com a decisão da AGCO de alterar os Padrões do Registador para Lojas de Retalho de Canábis, a partir de 30 de Junho, para permitir que os licenciados de canábis de retalho celebrem acordos com produtores licenciados de produtos de canábis de marca de loja, ou marca branca. A mudança ocorre após ampla consulta com as partes interessadas do sector e foi apoiada pela Câmara de Comércio de Ontário.”

“A AGCO mostrou que está disposta a ouvir as preocupações das partes interessadas. As revisões de hoje dos padrões significarão que, quando se trata de produtos de marca branca e marcas de lojas, os retalhistas de canábis de Ontário serão tratados em pé de igualdade com outros sectores de retalho. As novas regras também facilitarão os retalhistas grandes e pequenos, na diferenciação dos seus produtos, marcas e lojas”, disse Raj Grover, presidente e director executivo da High Tide.

Várias companhias já recorrem ao “white-labeling”

Conforme reporta o Business Insider, várias outras companhias estão a operar com base no white-labelling, como a BevCanna Enterprises Inc. (OTC:BVNNF), que anunciou a celebração de um acordo com a empresa de Vancouver, Averi Health Products, para a produção de um portfólio de bebidas com infusão de canábis no mercado canadense, empregando o modelo de parceria de marca branca da BevCanna, que permite que parceiros não licenciados entrem no mercado de canábis no país de forma transparente e em conformidade.

A MediPharm uniu-se à Sunco Green Pharmaceutical Pty Ltd para fornecer ao mercado australiano de canábis medicinal e à Nova Zelândia produtos de canábis com certificação GMP. O acordo de marca branca de dois anos foi o 12º acordo da MediPharm para fornecer canábis à Austrália, segundo as informações disponibilizadas pelo Business Insider. A Valens Company Inc. (NASDAQ:VLNS) e a empresa Fire & Flower Holdings Corp. (NYSE:FAF)(OTC:FFLWF), retalhista de produtos de canábis, confirmaram uma parceria de marca brancano final do ano passado, para o fabrico dos óleos de CBD da Fire & Flower para distribuição em vários estados canadianos.

 

____________________________________________________________________________________________________

[Aviso: Por favor, tenha em atenção que este texto foi originalmente escrito em Português e é traduzido para inglês e outros idiomas através de um tradutor automático. Algumas palavras podem diferir do original e podem verificar-se gralhas ou erros noutras línguas.]

____________________________________________________________________________________________________

O que fazes com 3€ por mês? Torna-te um dos nossos Patronos! Se acreditas que o Jornalismo independente sobre canábis é necessário, subscreve um dos níveis da nossa conta no Patreon e terás acesso a brindes únicos e conteúdos exclusivos. Se formos muitos, com pouco fazemos a diferença!

Sou um dos directores do CannaReporter, que fundei em conjunto com a Laura Ramos. Sou natural da inigualável Ilha da Madeira, onde resido actualmente. Enquanto estive em Lisboa na FCUL a estudar Engenharia Física, envolvi-me no panorama nacional do cânhamo e canábis tendo participado em várias associações, algumas das quais, ainda integro. Acompanho a industria mundial e sobretudo os avanços legislativos relativos às diversas utilizações da canábis.

Posso ser contactado pelo email joao.costa@cannareporter.eu

Clique aqui para comentar
Subscribe
Notify of

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade


Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Internacional2 dias atrás

Tailândia: Activistas suspendem greve de fome para preparar novas formas de protesto: “Estamos confiantes de que a canábis não será reclassificada como narcótico”

O grupo de activistas tailandês que se auto-intitula “Writing Thailand’s Cannabis Future Network”, liderado por Kitty Chopaka, anunciou hoje o...

Internacional3 dias atrás

Alemanha: Médicos de 16 especialidades já podem prescrever canábis sem aprovação dos seguros

O Comité Federal Misto Alemão (Gemeinsamer Bundesausschuss, ou G-BA) anunciou esta semana as excepções aos requisitos de aprovação para a...

Nacional4 dias atrás

Infarmed aprova duas novas ACM’s de preparações à base de canábis

O Infarmed – Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde, I.P. aprovou duas novas ACMs (Autorização de Colocação no...

Cânhamo4 dias atrás

Leonardo Sousa: “É literalmente a auto-suficiência de um país que está aqui atrás, a quase todos os níveis”

Aos 31 anos, Leonardo Rodrigues Sousa tem-se destacado como um dos mais jovens empreendedores no sector do cânhamo industrial em...

Entrevistas5 dias atrás

Adonis Georgiadis: “A única discussão é sobre o uso farmacêutico. Não há efeito dominó na Grécia”

Encontrámos Adonis Georgiadis, Ministro da Saúde da Grécia, em Londres, na Cannabis Europa, uma das mais antigas conferências sobre canábis...

Cânhamo5 dias atrás

CBD… What the FAQ? — Tudo o que precisa de saber sobre Canabidiol

Está em milhares de produtos. É apresentado como a nova panaceia para quase todas as maleitas e embora pareça que...

Cânhamo7 dias atrás

Itália: Alteração que queria proibir canábis light foi arquivada

A alteração que o governo de Giorgia Meloni queria fazer na lei da canábis em Itália e que pretendia proibir...

Cânhamo7 dias atrás

A confusão do cânhamo em Portugal: ASAE apreende CBD na Kings Yard, mas deixa flores por serem para “coleccionismo”

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu cerca de 845 produtos numa loja da Kings Yard, que “apresentavam na sua...

Cânhamo1 semana atrás

Portugal: Estudo revela disparidades alarmantes na rotulagem do CBD, que continua proibido no país

Um estudo recente sobre os produtos de CBD em Portugal revela disparidades alarmantes entre o conteúdo de canabinóides anunciado e...

Internacional1 semana atrás

Espanha: Câmara de Barcelona encerra dezenas de clubes de canábis

A Câmara Municipal de Barcelona deu início a uma forte repressão contra os clubes de canábis da cidade, ordenando o...